Sob a cor da pele autobronzeada


Você sabia que a mesma reação química que dá à cerveja sua cor amarronzada pode também dar à nossa pele um bronzeado temporário? Conhecido como reação de Maillard, o autobronzeamento é uma indústria de $763.4 bilhões de dólares e consiste em loções, sprays e géis que dão à nossa pele um brilho dourado, sem os efeitos nocivos dos raios UV do sol.

Para que a reação de Maillard aconteça, os produtos de autobronzeamento contém o ingrediente ativo DHA (dihidroxiacetona). Este é um açúcar simples e atóxico que, quando aplicado à nossa pele, reage quimicamente com os aminoácidos na camada morta da superfície da pele. Bem conhecido na indústria de processamento de alimentos, esta reação também cria os tons marrons encontrados em cerveja, torradas, e outros alimentos ou bebidas. Uma vez que esta reação química só acontece na camada exterior da pele, o bronzeado não dura muito tempo. A cada 35-45 dias, a superfície da pele se renova e qualquer pigmento natural ou adicionado desaparece.

Para pessoas preocupadas com o envelhecimento precoce, danos à pele ou que estão apenas à procura de uma forma mais rápida de ficarem bronzeadas, o autobronzeamento é uma boa alternativa para quem não quer passar horas sob o sol. Embora muitas vezes recebam críticas por causar uma tonalidade alaranjada artificial, as formulações de produtos de autobronzeador são continuamente melhoradas para dar aos usuários uma aparência mais natural mesmo muito tempo após o verão ou até durante o inverno.

Para medir e avaliar as mudanças na cor da pele, os seguintes produtos são recomendados:

> Espectrofotômetro CM-700d
> Espectrofotômetro CM-25d
> Software de Análise de Cor da Pele CM-SA

Blogs de Medição de Cor


Blogs de Medição de Luz & Monitores


Privacy Preference Center