Entendendo Padrões de Brilho e Unidades


O brilho é medido por um instrumento chamado glossmeter ou medidor de brilho que atribui uma unidade de brilho (GU) para uma determinada superfície. A escala de um medidor de brilho é baseada em um vidro padrão preto altamente polido com um índice de refração definido tendo a reflexão especular de 100 GU em um determinado ângulo. A escala é ideal para a maioria dos revestimentos não metálicos como plásticos e tintas. Para outras superfícies altamente reflexivas como espelhos, cromados e certos metais, altos valores de até 2000 GU podem ser atingidos quando medidos a 20 graus. Muitas indústrias adotaram geometrias específicas como 20°/60°/86° na ASTM D523. Nos Estados Unidos, três dos maiores padrões de medição de brilho são o D523 medição de brilho especular, o D4039 medição de turbidez refletida de superfícies de alto brilho e o D4449 medição da diferença entre superfícies de aparência similar.

No caso de você estar nos estágios iniciais do aprendizado da medição de brilho, existem certas diferenças que o olho humano pode detectar. Quando medimos a 60 graus, a diferença perceptível de brilho depende do nível de brilho da amostra. Por exemplo, uma diferença de brilho de 3 GU pode ser facilmente detectada em uma determinada superfície, mas não em outra. Quando medimos a diferença de brilho em uma superfície fosca com aproximadamente 5 GU, 3 GU seria perceptível a olho nu. Porém, medindo a mesma diferença em um revestimento de alto brilho, por volta de 60 GU, essa diferença seria extremamente difícil de ser percebida.

A única maneira de se determinar tolerâncias para os seus produtos seria através de experimentação, com a preparação de amostras com diferentes níveis de brilho que você pode mostrar para os seus clientes ou especialistas internos para então ter uma resposta adequada.

Outra forma seria o uso de um instrumento de três ângulos, 20/60/85. Utilizando o ângulo de visualização de 85 graus você tem mais resolução em diferenças de brilho abaixo de 10 GU medidas a 60° e utilizando o ângulo de 20 graus você tem mais resolução em revestimentos com alto brilho (acima de 70° GU medidos a 60°). A vantagem na utilização de instrumentos com três ângulos(20/60/85) ou Tri-Gloss é que esses apresentam maior precisão na determinação de diferenças de brilho. Em nossa experiência, uma diferença de brilho de 5GU só é visivelmente perceptível para um observador treinado. Para conhecer mais, verifique nossa linha completa de medidores de brilho. Se você tiver uma necessidade específica, por favor, entre em contato.

Blogs de Medição de Cor


Blogs de Medição de Luz & Monitores


Privacy Preference Center