Procedimentos de medição para aromas e fragrâncias


Com um crescimento anual estimado em 4,5%, houve um aumento na demanda por aromas e fragrâncias. Esse crescimento resulta no aumento do controle de qualidade de aromas e fragrâncias em relação à cor, sabor e textura entre outros. Anos de experiência são necessários para adquirir as habilidades de se classificar os parâmetros acima, o que pode ser muito desafiador. Felizmente, a cor é um dos parâmetros que pode ser quantificado utilizando meios instrumentais, permitindo assim que a tecnologia de alimentos determine numerica e facilmente as diferenças ou alterações de cor. Isto também permite que o processo de qualificação de cores seja muito mais simples.

Os ingredientes para aromas e fragrâncias são testados principalmente para a funcionalidade do seu gosto e aroma, mas a cor é outro parâmetro de teste que cresceu muito ao longo dos anos. A maioria dos grandes fabricantes implementa o controle de cor como um procedimento padrão de controle para garantir a consistência na qualidade dos produtos, uma vez que a cor inconsistente pode significar produtos com qualidade inferior para os consumidores.

A medição de cor pode ser realizada em várias fases, no estágio inicial bruto, na fase de processamento do produto e no produto acabado.

Neste artigo, nós compartilharemos algumas das práticas usadas na indústria que foram testadas e comprovadas e também destacar alguns desafios enfrentados pelo tecnólogo e as soluções para esses desafios.

Teste de cor do fluxo do líquido

Este teste é aplicável à maioria dos produtos em estado líquido e transparente, com variantes em tons amarelados.

Este sistema de teste de cor pode ser incorporado em sistemas existentes, particularmente para produtos com sabor, em que as amostras são avaliadas em primeiro lugar pela sua densidade e os valores de refração que são alimentados através de um sistema de amostragem automático. Tubos que terminam após a unidade de teste de refração podem ser conectados à um sistema, em que as amostras passam através de uma célula de fluxo dentro do equipamento de controle de cor.

Isto permite que a amostra líquida flua através de todo o sistema sem interrupção, para dentro e para fora da célula de fluxo permitindo que o sistema de cor monitore a cor do produto. O espectrofotômetro CM-5 da Konica Minolta é um sistema de cor que permite medições fáceis e automáticas das amostras líquidas transparentes. Acessórios, como a célula de fluxo abaixo, são obrigatórios para assegurar uma avaliação de cor rápida e fácil.

A célula de fluxo e os tubos de entrada e saída são colocados dentro da câmara de transmitância do CM-5 e mantidos no lugar utilizando-se o porta amostra de transmitância CM-A96 ou outro suporte personalizado.

As medições de cor podem, então, ser conduzidas automaticamente através do software do sistema em intervalos pré-definidos que permitem que o químico monitore variações de cor do líquido durante um período determinado. As calibrações do zero e transparente habituais ainda podem ser realizadas facilmente com esta célula de fluxo.

O sistema de controle de cor acima pode ser implementado facilmente na maioria dos sistemas de testes de aromas e fragrâncias, sem grandes modificações.

Teste de cor manual

Líquido viscoso

O teste de cor do fluxo de líquido pode ser automatizado porque o produto é fluido suficiente para passar através da célula de fluxo para a medição automática, no entanto, isto pode não ser possível para alguns tipos de produto.

Para amostras líquidas transparentes, que são mais viscosas, usar a célula de fluxo para medições automáticas pode não ser possível. Em vez disso, uma célula/cubeta aberta deve ser usada para preencher a célula com a amostra viscosa. Note que para isso, porém, a medição tem que ser feita manualmente.

Líquido turvo

Para amostras líquidas com certo nível de turbidez, devem ser tomados cuidados enquanto ainda estiver usando o modo de medição por transmitância. Diferentes suportes de células e tamanhos de células abertas semelhantes às abaixo talvez sejam necessários, dependendo do tipo de aplicação para ajudar os usuários a conduzir as medições com facilidade.

Na indústria de aroma e fragrância é muito comum trabalhar com quantidades muito pequenas de amostras, portanto, o sistema do CM-5, da Konica Minolta, também oferece solução com os suportes de células e procedimentos de medição destinados para amostras em quantidades pequenas.

No entanto, se o modo de medição por transmitância não dá bons resultados representáveis, pode ser uma indicação de que a amostra não é adequada para ser medida no modo por transmitância, devido ao seu nível de turbidez ou transparência. Sob tais circunstâncias, a mudança para o modo de medição por refletância seria melhor.

Dependendo do modelo ou tipo do instrumento, é importante selecionar cuidadosamente o tipo correto de cubeta ou célula a ser utilizada, para reduzir ou prevenir erros, se possível. Para estes casos, apenas a medição manual é possível e, em alguns casos, um fundo branco é recomendado durante a medição.

Líquido opaco

Além de medir pequenas quantidades de amostras de líquido transparente, o espectrofotômetro CM-5, da Konica Minolta, também serve para a medição de pequenas quantidades de amostras opacas como líquido, pasta ou pó usando acessórios como a mini placa de Petri.

Para amostras líquidas opacas, o modo de medição por refletância é essencial e deve utilizar os acessórios como placas de Petri ou cubetas como os mostrados abaixo.

Às vezes, há situações em que até mesmo algumas amostras precisam ser medidas usando seus recipientes de armazenamento de vidro original e isto também é possível com o design de porta superior do CM-5, que tornou essas medições fáceis e rápidas.

Embora o sistema de cor seja usado primariamente para a avaliação de diferenças de cor em um produto, ele também pode ser usado como um indicador indireto da mudança para os produtos com aroma e fragrância quando expostos ao armazenamento, tempo na prateleira e de testes de avaliação da estabilidade e desempenho.

Conclusão

A indústria de aromas e fragrâncias está bem posicionada para experimentar um período de crescimento sustentado apoiado pelo crescimento do consumo de mercados emergentes, juntamente com a P&D, investimentos em soluções de saúde e bem-estar e algumas áreas de nicho como sabores étnicos.

Ao mesmo tempo, os mercados em evolução estão exigindo que empresas de aromas e fragrâncias foquem mais do que nunca para ficar em sintonia com as tendências de consumo.

Os testes acima são apenas algumas recomendações para pesquisa de tecnólogos de alimentos ou cientistas de P&D, para ajudá-los a acelerar o seu processo de testes, a fim de permanecer à frente da concorrência.

Clique aqui para mais informações sobre o espectrofotômetro CM-5 e o SpectraMagic NX Pro Software.

Blogs de Medição de Cor


Blogs de Medição de Luz & Monitores


Privacy Preference Center