Boas práticas: Formular cores de forma maiseficiente


Quando se formula a cor de um corante, tinta, plástico ou outros materiais, procedimentos e condições padrão são necessários para correspondência dos padrões através de um processo mais eficiente. Isto envolve a identificação de variáveis dentro de seu laboratório ou processo de fabricação, estabelecendo um ambiente controlado, e definindo as condições e métodos para garantir resultados de formulação, mantendo a precisão e consistência. Além disso, os instrumentos de medição precisa de cor e software de formulação sofisticada são necessários para obter a cor correta na primeira vez ou com o mínimo desperdício e tempo.

Antes do processo de formulação da cor, as seguintes condições de avaliação visual e de medição devem ser especificadas:

  • Modelo do instrumento, tipo e geometria.
  • Iluminantes padrão
  • Observador padrão
  • Ângulo de visão
  • Espaço de cores
  • Fórmula de diferença de cor
  • Valores de tolerância
  • Preparação de amostras e métodos de apresentação
  • Fontes de luz para avaliações visuais

Uma vez que as condições são definidas o processo de formulação da cor pode prosseguir. Abaixo estão listadas as melhores práticas gerais para a formulação de cores com o mínimo de desperdício e tempo.

Boas práticas na medição e avaliação para a formulação de cores.

O ideal seria que a mesma receita empregada para a criação do padrão fosse utilizada quando a cor de um produto fosse formulada, Isso, porém, muitas vezes não é possível. Um processo de formulação da cor deve ser definido para criar uma receita que corresponda ao padrão na primeira vez ou com o mínimo de desperdício e tempo.

  • A cor padrão deve primeiramente ser definida internamente ou entre fornecedor e cliente. Usando instrumentação para a medição de cor específica para suas necessidades e aplicação, faça a medição da cor que você gostaria de obter no produto acabado e armazene seus valores.
  • Carregue os valores do padrão no software de formulação de cor, como o Colibri, para calcular a receita que melhor corresponda ao padrão.
  • A partir da receita calculada no software, crie um pequeno lote da cor. Depois de preparar e, se necessário, condicionar a amostra num processo padronizado, faça a medição utilizando um espectrofotômetro para comparar os seus valores de cor e de refletância com a curva padrão.
  • Compare visualmente a amostra com o padrão dentro do ambiente controlado de uma cabine de luz para ver se existem inconsistências perceptíveis. As amostras devem ser comparadas em pelo menos três fontes de luz diferentes para verificar se há metameria e para a obtenção de resultados mais precisos.
  • Armazene a receita ideal no software de formulação de cores como referência e para reprodução em futuros lotes.

Observe que o software de formulação de cor pode calcular várias receitas que se aproximam do padrão com base em parâmetros pré-definidos; como “menor diferença de cor” ou “menor custo”. É importante identificar a receita que melhor combine com o padrão sob os mesmos iluminantes usados nas avaliações visuais (menor metameria). Os corantes que o usuário acredita que funcionem melhor, em função de sua experiência, também devem ser levados em consideração.

Condições e procedimentos para formulações padronizados de cor

Além de estabelecer os procedimentos padronizados de medição e avaliação das cores, as condições de formulação também devem ser igualmente padronizadas para manter a consistência e melhorar a eficiência em todo o processo de formulação. Isso inclui a manutenção dos equipamentos e as condições importantes que podem afetar os resultados de formulação.

  • Fazer a manutenção do equipamento de formulação para garantir que ele esteja em boas condições de funcionamento
  • Monitorar no recebimento a concentração de corantes ou pigmentos para assegurar que a consistência seja mantida
  • Estabelecer métodos precisos de pesagem para substratos, corantes, pigmentos, ou auxiliares com base no peso dos objetos a serem coloridos.
  • Calibrar balanças e instrumentos de medição de cor em horários programados para manter excelentes a precisão e odesempenho.
  • Fazer a manutenção da cabine de luz utilizada nas avaliações visuais, substituindo as lâmpadas, conforme a recomendação do fabricante.
  • Manter a temperatura ambiente fixa para não causar desvios na cor durante as medições.
  • Para não afetar a cor final, padronizar os procedimentos do início ao fim, incluindo a criação de amostras para medição, amostras de mistura, tempo de uso após mistura, temperatura do forno para secagem e tempo de secagem

A padronização do processo e criação de um ambiente controlado permite aos usuários desempenhar suas funções de forma mais eficiente e formular as cores com o mínimo de desperdício e tempo. Recomendamos os seguintes produtos para a formulação e controle de cores de forma mais eficiente:

Blogs de Medição de Cor


Blogs de Medição de Luz & Monitores


Privacy Preference Center